Costa Branca: Ex-secretário adjunto de esportes de Macau sente na pele a dor da perseguição.

Protagonista de muitos episódios que complicaram sua vida durante as eleições ano de 2016, o ex-secretário adjunto de esportes de Macau, Denny Thierry, lutou com unhas e dentes em defesa do governo do atual prefeito de Macau.

Quem aí não lembra de vídeos que circularam na internet onde Denny aparecia e foi agredido, quem não lembra das inúmeras discussões e bate- bocas nas redes sociais que renderam vários memes e matérias para blogs envolvendo o nome do ex-secretário que expôs sua vida e conseguiu angariar várias inimizades apenas para defender o prefeito Túlio Lemos?

Pois é, só que nem as coisas mudaram. Em 2018, a perseguição começou a tomar conta da família do ex-secretário onde sua mãe foi à primeira vítima sendo demitida do cargo que exercia. Denny continuou no governo mesmo ele próprio sendo contra o posicionamento de sua mãe nas redes sociais.

Começaram as ameaças e perseguições contra a família

Denny foi substituído e ficou na “geladeira” na gestão do prefeito Túlio e com pendências de salários, mas salários não seria apenas o único problema a se resolver, sua mãe seu irmão não se livraram das garras daquele que um dia foi agraciado com os votos do povo.

O irmão preso sofria ameaças de ser transferido para uma penitenciária, a mãe poderia não participar das eleições para o conselho tutelar municipal e Denny continuava sem os salários que estavam em atraso. Foi um verdadeiro inferno para a família.

Por algum tempo Denny foi em busca do que era seu por direito, mas não era atendido, não tinha mais o respeito que tinha na época da eleição quando precisavam do seu voto. As coisas mudaram muito, pois sem o poder o homem é um e com o poder ele se transforma.

Do Portal EAM

Categoria:Noticias da Costa Branca

Deixe seu Comentário