Carnatal: Procura-se um politico na Micareta de Natal… classe política desapareceu!!!

0
188
Fotos Elias Medeiros

Por Thaisa Galvão

Das nuances do Carnatal nesses 28 anos, destaco aqui a participação da classe política.

Rainha da festa, sempre Wilma de Faria.

Foi fundadora como prefeita de Natal que apoiou a criação do evento, incentivadora como gestora municipal e como governadora.

Além de tudo era foliã, desde a quinta-feira no Burro Elétrico, até blocos tradicionais puxados por Bell, Ricardo Chaves, Durval Lellys.

Todos tinham um discurso pronto para agradecer, de cima do trio, e com aplausos dos foliões, à prefeita ou à governadora Wilma de Faria.

Mesmo em um período sem mandato, e quando a classe política, por medo da reação popular, já se afastava da maior festa pública de Natal, Wilma aparecia, se mostrava, era citada nos discursos dos puxadores de blocos, e aplaudida no corredor da folia.

E por falar do Burro Elétrico, o bloco, no início formado só por jornalistas e publicitários, atraía a classe política.

Governadores, prefeitos, senadores, deputados federais, estaduais, vereadores…todos passavam pelo bloco, nem que fosse apenas para tirar uma foto e ser destaque na mídia que abria sempre grandes espaços para o bloco que era diferente.

Além do Burro Elétrico, os políticos que transitavam mais na sociedade, não perdiam a quinta-feira do Nana Banana, puxado por Bell Marques.

Mas era nos camarotes que eles sempre estavam.

Foto reprodução Instagram – Prefeito Álvaro Dias recebe futuro presidente da Câmara em seu camarote do Carnatal

Camarote do Governo, da Prefeitura, das emissoras de TV e seus proprietários políticos.

No da TV Cabugi estava lá sempre os políticos de sobrenome Alves; no da TV Tropical, os de sobrenome Maia. No camarote da TV Ponta Negra, os que se aproximavam da jornalista ex-deputada, ex-vice-prefeita e ex-prefeita Micarla de Sousa. Na Band, antiga TV Potengi, era o grupo do ex-governador Geraldo Melo que comandava.

Sem falar nos camarotes particulares, onde a classe política era sempre convidada.

Tempos em que eles faziam questão de se aproximar do corredor, cumprimentar os foliões, fazer pose para fotos…

O tempo foi passando, o Carnatal foi mudando, e o modelo da política também.

As grandes festas populares foram mudando o perfil dos frequentadores, pais e avôs foram sendo substituídos por filhos e netos, a classe política foi perdendo o crédito com a população, e os políticos foram desaparecendo do Carnatal.

Na linha de economizar para ser popular, os camarotes oficiais sumiram, e muitos foliões com mandatos também.

Wilma de Faria não sumiu.

Ela foi para a avenida até quando sua saúde permitiu.

Na edição 28, o prefeito de Natal Álvaro Dias marca presença no Carnatal.

Foi para o Burro Elétrico como faziam os detentores de mandatos de antigamente, e recebe amigos em um camarote, onde a presença de vereadores marcou os dois primeiros dias de Carnatal.

O prefeito Álvaro Dias, pelo menos até agora, é o político que aparece na micareta, e fora ele, alguns vereadores.

Siga as nossas redes sociais =>Fan Page <= / => Fan groups <= / => Twitter <= / => Instagram <= / => Web Radio <= => SoundCloud <==> Nosso canal do Youtube <==> Participe de nossos grupos no WhatsApp News 2 <==> News 3 <==> News 4, baixe o aplicativo da Web Radio na Play Store versão I – II, ou ouça nossa radio nos principais portais da internet que retransmite a programação Web Radio Guamaré NewsRadiosNetRadiosCastCXRadioAs Melhores RadiosShow Radios.

Deixe uma resposta